segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010


O Conto da Velha Sonhadora - Menina Morta

0
Conta-se a historia, de uma Velha que ficava sentada o dia inteiro em sua cadeira de balanço. Sozinha, em um quarto escuro, com vestes tão velhas quanto sua propria idade. "O que será que ela espera?". Perguntavam os transeuntes que a viam pela janela em seu velho casebre abandonado. Havia uma imensidão de teorias de sua grande solidão. Alguns diziam que esperava o marido que viajou, outros diziam que esperava o filho que se alistou.




Sozinha a velha senhora ficava em sua sala. Sem mobilia, sem luz. Ao seu lado apenas uma grande estante com os mais diversos vidrinhos recipientes. Alguns pequenos, outros medios, alguns mal se pode ver, e outros enormes, enorme como sua propria tristeza. O que será que mantem uma pessoa ao lado de uma estante velha? O que mantem esta senhora em inercia e sedentarismo?



Demorei a entender, que em cada vidro a senhora guardava momentos. Cada momento de sua vida ela guardava em pequenos e variados potinhos de vidro, para que durassem até sua morte. E ela colecionou muitos durante muito tempo. Mas agora o que lhe resta? Apenas sua cadeira e seus vidros. Seus vidros de nada significam, e de nenhum valor tem. Pois a Velha não é a mesma, e ate o fim de seus dias irá guardar seus momentos. Ah, pobre senhora, jogada nesta Cidade Melancolica, onde ninguem nunca sorri. Esta fadada a viver em melancolia, olhando os momentos que possuiu em mãos, e que aprisionou em pequenos vidros. Pobre Senhora, que já gastou todos os vidros de seu estoque.
autoria:menina morta http://meninamorta.wordpress.com/

autoria

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget